VANESSA ESBER: Uma mulher com competência para o Tribunal de Contas



Porto Velho, RO - Mais um nome é sondado para ocupar a vaga do Conselheiro Benedito do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia. Dessa vez o nome sondado é da advogada Vanessa Esber, especialista em licitações e contratos públicos.

Vanessa Esber é uma advogada reconhecida no Estado de Rondônia, especialmente pela sua forte atuação em processos licitatórios e grandes atuações realizadas na própria Corte de Contas Estadual.

Alguns a chamam de promotora privada, uma vez que pela atuação profissional acaba por fazer com que agentes públicos tenham que dar satisfação aos órgãos de fiscalização, sendo que muitos são multados por erros em procedimentos licitatórios suspensos e anulados. Por conta disso, acredita-se que sua indicação seria interessante para que esse mercado ficasse livre e a turma pudesse trabalhar mais sossegada…

Recentemente saiu na mídia algumas matérias sobre os problemas de pessoas que ficaram cegas por conta de complicações em cirurgias de catarata. Algum tempo atrás a coluna do painel político havia publicado matéria sobre a suspensão da contratação da famosa “carreta da catarata”

(https://painelpolitico.com/sentenca/em-decisao-acertada-tce-suspende-atendimento-de-carretas-oftalmologicas-em-rondonia/)

Decisão que foi tomada justamente pelo Conselheiro Benedito, após atuação da advogada Vanessa Esber, representando os interesses da AROFT – Associação Rondoniense de Oftalmologia. A decisão foi tão importante, que se não houvesse a proibição da carreta, muito provavelmente esse número de 40 pessoas cegas seria multiplicado por 1.000, levando-se em conta a lista de pessoas que aguardam para fazer a operação.

Outra grande atuação foi pela categoria dos vigilantes, que tiveram seus empregos garantidos, após o TCE determinar a anulação da contratação de empresa de sócio que possui contas em paraíso fiscal, onde a Prefeitura de Porto Velho queria trocar todos os vigilantes por câmeras e agentes de portaria, contratando uma empresa que possuía uma ata de Pregão Presencial do Estado do Amazonas de origem duvidosa, sendo que tal contratação foi igualmente rechaçada pelo Ministério Público de Contas.

Na Época os holofotes ficaram para um político que de dizia amigos dos vigiantes, mas que na verdade nada fez.

Vários outros feitos foram realizados pela advogada Vanessa Esber, que lhe colocaram em destaque na área de licitações públicas no Estado de Rondônia. Vanessa é filha do saudoso empresário Mikhael Esber, desbravador do Estado de Rondônia, que foi dono da primeira Pizzaria de Porto Velho, além de ter grande atuação no Sistema FIero e na Grande Loja Maçonica de Rondônia.

Contudo, em que pese toda a técnica e prestigio da advogada, além do destaque que possui dentro da comunidade jurídica, lhe falta articulação política para disputar a vaga. Sabe-se que atualmente o TCE é composto somente de homens, sendo 4(quatro) técnicos. Assim, já estaria na hora da vaga ser ocupara por uma representante do sexo feminino, inclusive de notória aptidação jurídica. Não se sabe se a OAB endossa o nome da advogada, mas já se sabe que seu nome está sendo sondado.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem