EVENTO: Superlua de morango: satélite maior e mais brilhoso pode ser visto nesta terça-feira



Porto Velho, RO Entre os eventos astronômicos de 2022 está a superlua de morango desta terça-feira, dia 14, conhecida também como lua de hidromel (bebida criada pela fermentação do mel misturado com água e às vezes com frutas, especiarias, grãos ou lúpulo) ou lua de mel, além de vários outros nomes, sendo alguns relacionados a cerimônias religiosas, como Vat Purnima, do hinduísmo, e Poson Poya, no budismo. O símbolo de morango veio a partir da tradição de nativos americanos devido à época da colheita desta fruta na região da América do Norte.

De acordo com a agência espacial americana, o termo "superlua" foi cunhado pelo astrólogo Richard Nolle em 1979 e refere-se a uma lua nova ou cheia que ocorre quando a Lua está a 90% do perigeu, sua aproximação mais próxima da Terra. No caso desta quarta-feira, a Lua estará perto o suficiente do perigeu para ser considerada uma superlua às 20h24.

"Como não podemos ver uma Lua nova (exceto quando ela passa na frente do Sol), o que chamou a atenção do público nas últimas décadas são as superluas cheias, pois são as maiores e mais brilhantes luas cheias do ano. Como o perigeu varia de acordo com cada órbita, diferentes publicações usam diferentes limites para decidir quais luas cheias se qualificam como superlua, mas todos concordam que em 2022 as luas cheias de junho e julho se qualificam", disse a Nasa em comunicado.



Qual dessas vistas da Lua é uma superlua? Resposta: ambas! Esta comparação data de 13 a 14 de novembro de 2016. À esquerda, a Lua estava mais próxima do horizonte e à direita, a Lua estava muito alta no céu. (Observe a linha azul inferior cortando o pólo sul da Lua na imagem à direita). — Foto: solarsystem.nasa.gov


30% mais brilhante

Uma superlua pode parecer um pouco maior do que a lua cheia quando está mais distante da Terra (a NASA disse (abre em uma nova guia) que pode parecer até 30% mais brilhante e 17% maior), mas na realidade parecem ter a mesma aparência, observadas como uma esfera brilhante com um leve tom dourado. A lua cheia de junho encontra-se a 357.658 km do nosso planeta quando nasce ao anoitecer.

Segundo o portal "Space", a lua cheia de junho é a segunda de quatro superluas consecutivas em que a lua cheia de um mês coincide com a lua no perigeu ou próximo, seu ponto mais próximo da Terra em sua órbita mensal

Lua de mel

A Nasa explicou que uma das origens da expressão "lua de mel" para se referir ao primeiro mês de um casamento pode ter sua origem justamente nesse tipo de observação do satélite natural no céu, por causa do costume de se casar em junho ou porque a "lua de mel" é a lua "mais doce" do ano.

"Alguns escritos sugerem que a época por volta do final de junho era quando o mel estava pronto para a colheita, o que tornava esta a lua 'mais doce'. A expressão 'lua de mel' remonta a pelo menos os anos 1500 na Europa", afirmou a Nasa. "Não parece haver nenhuma evidência para apoiar uma teoria do século XIX de que a palavra entrou em inglês a partir do costume de presentear os recém-casados ​​com hidromel no primeiro mês de casamento".

Transmissão online


O Projeto Telescópio Virtual em Ceccano, na Itália, anunciou que vai passar imagens da lua ao vivo em seu canal no YouTube. A transmissão a segunda superlua de 2022, enquanto ela nasce em Roma, está prevista para começar às 16h15.


Fonte: O Globo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem