CAMPO LIMPO: Devolução de embalagens vazias de agrotóxicos é discutida entre Governo de Rondônia e produtores rurais de Ariquemes

Devolução das embalagens vazias de agrotóxicos foi debatida durante reunião em Ariquemes

Porto Velho, RO - A devolução das embalagens vazias dos defensivos agrícolas foi tema de reunião, em Ariquemes, nesta semana por representantes do Governo de Rondônia, por meio da Secretaria Executiva Regional II da Casa Civil, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental – Sedam, Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril – Idaron, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias – Inpev e Associação dos Revendedores de Agrotóxicos do Vale do Jamari – Arpavaj.

O uso dos produtos agroquímicos em lavouras e pastagens como meio de potencializar a produção e regular os desequilíbrios decorrentes da infestação de insetos, fungos, bactérias e outros microorganismos, principalmente em razão da expansão de produção de grãos, tem aumentado no município.

Devolução das embalagens vazias integra ações do Dia Nacional do Campo Limpo, comemorado em agosto

O manejo correto e responsável dos defensivos agrícolas tem o objetivo de auxiliar a humanidade na produção de alimentos, bem como manter os ecossistemas, a saúde humana, fortalecer a capacidade de adaptação às mudanças climáticas, condições meteorológicas extremas, além de proteger e melhorar a qualidade do solo.

Para isso, devem ser respeitados os cuidados na aplicação dos produtos, nas práticas de armazenamento e na devolução das embalagens nos postos de coleta – estabelecidas pela associação dos revendedores de agroquímicos, que se responsabiliza por prensar e enviar para reciclagem e transformar os resíduos.

Em Ariquemes, as embalagens podem ser entregues no posto de recebimento da Arpavaj, que fica localizado no final da Avenida Canaã, esquina com a Linha Gaúcha.

CAMPANHA DE DEVOLUÇÃO

Os órgãos estaduais convocam os produtores rurais e todos os inseridos na cadeia produtiva agropecuária para participarem da campanha de devolução de embalagens vazias de agrotóxicos. A campanha pretende ter a adesão dos usuários e comerciantes dos insumos na produção agrícola, seguindo as devidas orientações quanto à manipulação e, principalmente, à destinação adequada das embalagens vazias, que dependem da realização de tríplice lavagem ou lavagem sob pressão, seguidas da inutilização das mesmas, com a abertura de um ou mais buracos ao fundo.

Conforme o secretário executivo regional de Ariquemes, Euclides dos Santos Pinto, a devolução contribui com o procedimento da logística reversa, que se trata do descarte correto das embalagens vazias.

“Necessitamos do apoio de todos as partes envolvidas, seja dos revendedores para orientar os produtores sobre a devolução da embalagem lavada ao ponto de coleta no ato da compra, seja dos produtores, em se comprometerem quanto ao descarte da embalagem de maneira correta. Somente desta forma, conseguiremos evitar os riscos ao meio ambiente e à saúde do homem do campo”, pontuou Euclides dos Santos Pinto.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem