BALANÇO: Mais de 11 mil atendimentos são realizados pelo Detran na Rondônia Rural Show Internacional

Detran Rondônia superou as expectativas ao realizar mais de 11 mil atendimentos na Rondônia Rural Show com diversas ações de prestação de serviços

Porto Velho, RO - O Departamento Estadual de Trânsito – Detran-RO realizou no período de 23 a 28 de maio, 11.434 atendimentos na Rondônia Rural Show Internacional. Foram oferecidos aos usuários serviços de habilitação e veículos, além de orientações e atividades educativas ligadas ao trânsito, em alusão ao Movimento Maio Amarelo 2022 que este ano tem como tema “Juntos Salvamos Vidas”.

O diretor-geral do Detran Rondônia, Paulo Higo Ferreira de Almeida disse que os atendimentos à população ultrapassaram as expectativas e que além dos serviços oferecidos aos usuários, o Detran fez um grande trabalho de orientação e educação de trânsito. O cidadão tirou as dúvidas sobre legislação de trânsito, funcionamento do etilômetro e ainda pode fazer o teste e ser informado sobre os riscos e consequências para quem dirige sob efeito de bebida alcóolica.

As pessoas puderam também participar de um circuito educativo e experimentar o óculos digital em que a pessoa tem a percepção visual de como uma pessoa alcoolizada enxerga ao seu redor. Outra atividade muito procurada foi o Show do Detran em que as pessoas vão respondendo perguntas relacionadas à legislação de trânsito. A medida que ia errando a pessoa era eliminada do jogo. O vencedor que ficou por último concorre de forma geral com quem acertou mais perguntas.

Entre outras atividades educativas para atender o público adulto e infantil “foi uma semana de trabalho intenso, mas muito gratificante porque fizemos mais de 11 mil atendimentos diretos e foi muito importante o retorno que tivemos dos nossos usuários”, disse Paulo Higo.

Os personagens Vidinha e Ligadinhos deram dicas de trânsito de forma bem animada

O diretor de Educação de Trânsito – Dtet, Ruymar Pereira de Lima, destacou a importância do trabalho realizado durante o Rondônia Rural Show pela quantidade de pessoas atendidas com ações educativas e de orientação inclusive em alusão ao Movimento Maio Amarelo 2022 que traz como tema – “Juntos Salvamos Vidas”. O objetivo é envolver Poder Público, a iniciativa privada e sociedade civil para debater segurança viária, objetivando a redução de acidentes e mortes no trânsito.

Ruymar Pereira, disse ainda que os servidores do Detran Rondônia percorreram os estandes da feira explicando o que é o Movimento Maio Amarelo e falando sobre a importância do engajamento das instituições e da sociedade nesse movimento em prol da vida “foi muito gratificante andar pela feira e ver as pessoas usando o lacinho amarelo que é o símbolo do Movimento e toda pessoa que recebeu o símbolo foi informada o que é a campanha e qual o seu papel como cidadão para um trânsito mais seguro”, ressaltou o diretor de Educação de Trânsito.

Ruymar Pereira, disse que o Movimento Maio Amarelo está chegando ao fim, mas que as ações educativas continuam, pois o Detran Rondônia trabalha com ações educativas em prol de um trânsito mais seguro e humanizado 365 dias por ano. “No mundo inteiro foi definido que o mês de maio seria feita uma compilação dos dados e um levantamento sobre como os órgãos do Sistema Nacional de Trânsito estão cuidando da segurança das vias, mas a responsabilidade pela segurança no trânsito é de todos, disse Ruymar Pereira.

O diretor de Fiscalização e Ações de Trânsito – Dtfat, Welton Roney Ribeiro ressaltou que o Detran Rondônia realizou esclarecimentos sobre a legislação de trânsito que proíbe o condutor de dirigir veículo automotor sob influência de bebida alcoólica. Ribeiro explica que o Código de Trânsito Brasileiro – CTB, deixa claro que a pessoa que dirigir sob influência de bebidas alcoólicas comete infração gravíssima. “A infração está prevista no artigo 165, e como crime de trânsito, no artigo 306”.

O condutor que for flagrado dirigindo embriagado será preso, e terá que pagar fiança estipulada pela autoridade policial e ainda será multado em dez vezes o valor de uma multa de infração gravíssima, ou seja, irá pagar no valor atualizado R$ 2.934,70 (dois mil, novecentos e trinta e quatro reais e setenta centavos) e dependendo das circunstâncias, o motorista responde processo criminal e será instaurado processo de suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Muitas pessoas que visitaram o estande elogiaram o trabalho do Detran a exemplo de Antônia Calixto que relatou que naquela semana havia perdido uma pessoa muito próxima de sua família em um sinistro de trânsito na cidade de Cabixi. “A pessoa que provocou o acidente estava conduzindo o veículo embriagada”.

O diretor de Fiscalização disse que, a pessoa embriagada pode ter redução de até 32% da precisão visual. A bebida alcoólica também afeta a visão periférica, causando um fenômeno conhecido como visão em túnel, que é o afunilamento do campo de visão da pessoa. Nesses casos, a possibilidade de se envolver em acidente de trânsito aumenta.

SIMULADOR DE ACIDENTE

Simulador de acidente de trânsito com capotamento tem por objetivo orientar usuário

Um veículo que simula acidente de trânsito com capotamento, foi destaque na Rondônia Rural Show. Segundo o Detran Rondônia a simulação tem por objetivo despertar a consciência dos condutores para que evitem situações semelhantes na vida real. A simulação do acidente é feita com o carro em uma velocidade de 20 quilômetros por hora e dá ao condutor e passageiro uma ideia da gravidade do incidente.

Antes de entrar no veículo para fazer a simulação de acidente de trânsito com capotamento os usuários recebiam as orientações para evitar que situações semelhantes na vida real aconteçam. Somente depois disso o usuário era autorizado a entrar no carro e vivenciar como seria o acidente, já que a simulação chega bem próximo da realidade.

O diretor-geral do Detran Rondônia, Paulo Higo fez a simulação “experiência é aterrorizante, a sensação é horrível, o simulador estava só a 20 km por hora e a gente já sente as consequências e os efeitos do capotamento com baixa velocidade. O que eu passei não quero passar em momento algum da minha vida real”, afirmou o diretor do Detran.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem