ASSISTÊNCIA SOCIAL: Construção de 19 Centros de Referência de Assistência Social em Rondônia terá recurso do Fecoep

Primeiro Centro de Referência de Assistência Social foi inaugurado em novembro de 2020, em Rolim de Moura

Porto Velho, RO - Por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social – Seas, o Governo de Rondônia assinou convênios com 17 municípios para a construção de 19 Centros de Referência de Assistência Social – Cras, com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza – Fecoep, estimados em mais de R$ 7 milhões.

Os Cras são espaços públicos, onde as pessoas em situação de vulnerabilidade recebem serviços de assistência social, como registro no Cadastro Único, orientações sobre benefícios sociais, como fortalecer a convivência com a família e comunidade, entre outras garantias de direitos por meio de projetos e programas socioassistenciais.

A primeira prefeitura a assinar convênio com o Estado, no ano de 2019, foi a de Rolim de Moura. A obra inaugurada em novembro de 2020 tem 164,95 metros quadrados e conta com sala de multiuso, sala para coordenação, sala familiar, recepção, banheiros femininos e masculinos, copa, área de serviço e almoxarifado.

O principal critério para receber os recursos do convênio é a elaboração do projeto. Por isso, ainda em 2019, durante a entrega de veículos para os Cras e Centros Especializados de Referência de Assistência Social – Creas, dos 52 municípios rondonienses, a secretária da Seas, Luana Rocha conclamou que os prefeitos elaborassem e encaminhassem projetos para a Seas, ressaltando que há reserva de 45% do Fecoep para fortalecer a assistência social em todo o Estado.

Para Porto Velho, o valor repassado pelo Governo foi de R$ 1,2 milhão, destinado à construção de três unidades, em fase de licitação. Prestes a ser inaugurados, estão o Cras de Alta Floresta d’Oeste, Primavera de Rondônia, Costa Marques e Parecis. Obras já iniciadas estão em andamento nos municípios de Guajará-Mirim, Colorado do Oeste, Buritis e Cerejeiras.

Em fase de licitação ainda estão sete Cras, que são o de Machadinho d’Oeste, Cujubim, Cacoal, Rio Crespo, Nova Mamoré, Vale do Paraíso e Cabixi. Outros cinco municípios estão em fase de elaboração de projetos, para formalização de convênio.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem