ASSISTÊNCIA MÉDICA: Em quatro meses, mais de 600 exames de Hemodinâmica foram realizados no Hospital de Base

De janeiro a abril deste ano, já foram realizados 649 procedimentos no setor de Hemodinâmica do Hospital de Base, em Porto Velho

Porto Velho, RO - Na manhã da última quinta-feira (19), gestores da Secretaria de Estado da Saúde – Sesau realizaram visita técnica ao Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro – HBAP, para acompanhar os procedimentos realizados na unidade hospitalar. Durante o encontro, a secretária de Estado da Saúde, Semayra Gomes, e o adjunto da Saúde, Maxwendell Batista, visitaram todo o complexo do hospital e também acompanharam a área especializada em Hemodinâmica, que já realizou 649 procedimentos de janeiro a abril deste ano.

De acordo com o diretor do HBAP, Rodrigo Bastos, “o serviço tem como principal objetivo realizar exames e procedimentos cardiológicos rápidos e precisos, em caráter ambulatorial e hospitalar, de forma menos invasiva que uma cirurgia aberta, tendo como resultado a rapidez na recuperação e menos tempo de internação”.

Além disso, o HBAP atende pacientes de outras unidades hospitalares, como do Hospital Regional de Cacoal, Hospital de Emergência e Urgência de Rondônia; Hospital Regional de Vilhena e a Unidade de Terapia Intensiva da Regional de Ariquemes, bem como as emergências provenientes do Hospital Pronto Socorro João Paulo II.

Atualmente, no Hospital de Base são realizados os seguintes exames: cateterismo cardíaco, angioplastia coronarianas, implantes de marca-passo provisório, implante de balão intra-aórtico; implante de cateter de longa permanência, port-a-Cath, correção endovascular de aneurisma com endoprótese, angioplastia com balão intra-aórtico, embolizações; angioplastia de carótidas, angioplastia intraluminal de vasos do pescoço, aortografia, flebografias, ultrassom intra-coronário, oclusão percutânea endovascular de artéria/veia, aneurismas, angioplastias de membros e amputação.

Os atendimentos são realizados durante os três turnos do dia, e logo após o procedimento, o paciente recebe alta ou é encaminhado para outra unidade, como forma de manter o fluxo de atendimento no hospital.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem