SAÚDE: Monitores multiparamétricos irão reforçar número de leitos de alta complexidade

Os monitores irão atender as demandas da Capital e dos municípios e aumentar o número de leitos de alta complexidade

Porto Velho, RO - O Governo de Rondônia, em parceria com a Universidade Estadual da Paraíba, recebeu na última terça-feira (5) 110 monitores multiparamétricos que serão incorporados à rede do Sistema Único de Saúde (SUS) do Estado. Cada aparelho custa de R$ 24.156,42 (vinte e quatro mil, cento e cinquenta e seis reais e quarenta e dois centavos) e tem como objetivo oferecer uma saúde moderna e de alta qualidade. Os monitores irão atender as demandas da Capital e dos municípios do Estado.

Umas das finalidades dos monitores multiparamétricos é indicar em tempo real os sinais vitais do paciente, possibilitando o acompanhamento e evolução do quadro clínico através de informações quantitativas e confiáveis, gerando alarmes em caso de condições fora da normalidade, alertando as equipes de profissionais de saúde para imediata intervenção, quando necessária.

O coordenador de projetos da Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), Jean Fernandes, ressalta quanto à importância de prover o Sistema Único de Saúde com equipamentos e manter o desenvolvimento tecnológico com mão de obra qualificada. “Com essa entrega de monitores conseguimos aumentar o número de leitos de alta complexidade disponibilizados para a população”, afirma o coordenador.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem