REABILITAÇÃO: Transferência de pacientes marca primeira fase para o retorno dos atendimentos no Centro de Reabilitação de Rondônia

No período mais crítico da pandemia, Cero funcionava como retaguarda do Pronto-Socorro e Hospital João Paulo II

Porto Velho, RO - Trinta pacientes que aguardavam por cirurgias ortopédicas no Centro de Reabilitação de Rondônia – Cero foram transferidos da Unidade Hospitalar pelo Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado de Saúde – Sesau, dos quais 20 estão sendo acompanhados no Hospital de Campanha na região Central de Porto Velho, e dez foram encaminhados ao Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro – HBAP, para serem submetidos a cirurgias.

A transferência desses pacientes é a primeira fase para a retomada dos atendimentos no Centro de Reabilitação de Rondônia. O processo visa disponibilizar mais assistência à população e continuar os tratamentos fornecidos pela unidade.

CERO

O Centro de Reabilitação funciona na zona Leste de Porto Velho. Em 2020, devido à pandemia do coronavírus, houve a necessidade de transformar a unidade em Hospital de retaguarda para pacientes em tratamento da covid-19, com a ampliação de leitos de internação de terapia intensiva.

Com a queda no número de internações da doença, a unidade passou a prestar assistência médica aos pacientes do Pronto-Socorro João Paulo II.

O Cero é considerado referência em tratamentos de fisioterapia ortopédica adulto, fisioterapia neurológica adulto e infantil, terapia ocupacional e fonoaudiologia a pacientes do Sistema Único de Saúde – SUS.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem