O dia 7 de abril na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

O DIA NA HISTÓRIA

Lúcio Albuquerque

jlucioac@gmail.com

BOM DIA 7 DE ABRIL!

COMEMORA-SE

Dia do Jornalista (Brasil), Dia Mundial da Saúde, Dia do Médico Legista, Dia do Corretor, Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola, Dia Internacional para Reflexão do Genocídio de 1994 contra os Tutsi em Ruanda.

Católicos lembram São João Batista de La Salle, São Hegésipo, São Notker (o Gago) e  São Tikhon I de Moscou (Igreja Ortodoxa Russa). 

RONDÔNIA

1971 – A Ceplac, sob a coordenação do técnico Frederico Álvares Afonso, inicia um projeto de produção de cacau em Rondônia. 

1982 – O município de Rolim de Moura ganha luz elétrica pública.

BRASIL

1831 – Sob forte pressão popular o imperador D. Pedro I abdica ao trono a favor de seu filho (depois D. Pedro II), então com 5 anos. 

1908 – Fundação da ABI (Associação Brasileira de Imprensa). 

2018 — O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva é preso por corrupção.

MUNDO

529 — Publicada, pelo imperador bizantino Justiniano, a 1ª versão do Corpus Juris Civilis (considerada obra jurídica fundamental). 

1795 – A França é o 1º país a adotar o Sistema Métrico Decimal. 

1943 – Primeira síntese do LSD, dietilamida de ácido lisérgico, por Albert Hofmann. 

1948 – A Organização Mundial da Saúde é criada pelas ONU.  

FOTO DO DIA

Há 41 anos, e um ano antes de passar à condição de município, o distrito de Rolim de Moura, então parte do município de Cacoal, recebeu a iluminação elétrica de vias públicas (*). 

A elevação ao novo nível, dia 5 de agosto de 1983, por decreto do governador Jorge Teixeira, gerou um clima de muita tensão com os deputados, que no dia seguinte (6 de agosto) promulgariam a primeira Constituição estadual, alegando um compromisso de Teixeira com eles para deixar que a elevação de Rolim e de Cerejeiras fosse feita por Lei, votada na Assembleia Legislativa a ser instalada depois da promulgação. 

Rolim de Moura é um importante produtor de grãos, gado e representa uma parte considerável da economia estadual. É a maior cidade rondoniense fora do eixo da rodovia BR-364.

(*) João Batista Lopes, “Rolim de Moura, seus pioneiros e desbravadores”.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem