O dia 18 de abril na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

O DIA NA HISTÓRIA

Lúcio Albuquerque

jlucioac@gmail.com

BOM DIA 2ª FEIRA, 18 DE ABRIL!

COMEMORA-SE

Dia Nacional do Espiritismo. Dia Nacional do Livro Infantil. Dia Mundial do Radioamador. Dia Nacional do Amigo. Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (Dia do Patrimônio Mundial)

Católicos lembra São Galdino. Santo Apolônio de Roma. Beata Savina Petrilli.

RONDÔNIA

1989 – Começa a funcionar a Associação Vilhenense de Educação e Cultura – Faculdade Avec.

BRASIL

1882 — Nasce Monteiro Lobato, patrono da literatura infantil no Brasil. 

1945 — Criado o Instituto Rio Branco, a escola diplomática do Brasil. 

1977 — Estreia o primeiro telejornal matutino brasileiro, o Bom Dia São Paulo.

1998 - Morreu o cantor Nelson Gonçalves. 

MUNDO

1506 — Começa a construção da Basílica de São Pedro em Roma. 1857 — Allan Kardec lança “O Livro dos Espíritos” é o nascimento do Espiritismo. 1925 — Formada em Paris a União Internacional de Radioamadores. 1946 — Primeira reunião do Tribunal Internacional de Justiça, em Haia (Holanda). 1955 - Morre o físico Albert Einstein, autor da Teoria da Relatividade.

FOTO DO DIA: 

BREAK, BREAK, BREAK. Em várias etapas da História  do Mundo, no Século XX, essa chamada de emergência representou para muitas pessoas uma oportunidade a mais. 

Último exemplo foi durante a tragédia de Petrópolis, há pouco mais de um mês, quando praticamente os sistemas de comunicação locais entraram em colapso e um grupo de homens e mulheres passou a fazer parte do sistema de Defesa Civil. Eles são os  radioamadores, cuja data maior é 18 de abril, de fundação, em 1925, da União Internacional de Radioamadores - IARU. 

Na história de Rondônia o radioamador, grupo formado por profissionais dos mais variados ramos, participou em momentos especiais, como durante a abertura da rodovia BR-29 (364), nos contatos com as empresas e os acampamentos perdidos no meio da selva. Até pouco tempo funcionava em Porto Velho a Liga de Radioamadores de Rondônia, na Avenida Migrantes.

“Alô....Câmbio.... Desligo!” 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem