MERCADO SUSTENTÁVEL: Produção de cosméticos sustentáveis do Estado desperta interesse de integrantes da Embaixada da Espanha

Matérias-primas da natureza rondoniense são transformadas em diversos cosméticos naturais

Porto Velho, RO - Em meio a área rural do município de Ouro Preto do Oeste está uma riqueza que impressiona e encanta o mundo, as matérias-primas da natureza rondoniense transformadas em diversos cosméticos por meio de uma saboaria mantida por mulheres. O local recebeu na quinta-feira (7) a visita da comissão espanhola liderada pela ministra conselheira de Agricultura, Pesca e Alimentação da Embaixada da Espanha, Maria Elisa Barahona Nieto, representante da União Europeia, acompanhada do cônsul honorário, Fernando Bravo Sanchez.

Comissão espanhola conhece etapas de processamento para produção de cosméticos

A administradora da saboaria, Mareilde Freire, mostrou à comissão espanhola as etapas para agregar valor as matérias-primas da natureza rondoniense como o babaçu, buriti, copaíba, andiroba; produtos que têm valor, inclusive, para a saúde humana, e também ajuda no rejuvenescimento.

No local, a sala de controle de qualidade chamou a atenção da ministra. O trabalho é todo manual, feito por cerca de 30 mulheres, e “obedece os padrões da Agência Nacional de Vigilância Sanitária(Anvisa)”, garante Marielde Freire.

Os produtos são comercializados em Ouro Preto do Oeste, Ariquemes e Porto Velho, e já alcança o mercado internacional: Alemanha, Suíça, Estados Unidos e Portugal. Para exportar para a Alemanha, a Saboaria contou com o apoio do Governo de Rondônia por meio do Programa “Invest Rondônia” desenvolvido no âmbito da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec).

Sustentabilidade desperta interesse da Embaixada Espanhola

“A saboaria é um empreendimento acompanhado pela “Invest Rondônia”, que trabalha tanto com atração de investimentos para o Estado quanto para dar apoio à exportação dos nossos produtos”, disse a gerente de Relações Internações da Sedec, Isabela Leite.

“A nossa produção é feita por meio de um projeto de base comunitária envolvendo mulheres, em defesa da nossa floresta em pé, especialmente do babaçu e buriti. Trabalhamos em três linhas: empoeirar mulheres, promover o desenvolvimento sustentável e valorizar a cadeia produtiva da região, e assim processamos cosméticos de excelente qualidade”, assegura Mareilde.

O trabalho da Saboaria já é conhecido pela embaixada devido a participação do empreendimento no Prêmio de Mulheres Rurais realizado pela Embaixada da Espanha no Brasil em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para Agricultura  - IICA, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura – FAO e  a  ONU Mulheres. “Eu tinha um grande interesse em conhecer essa comunidade que participou do Prêmio Mulheres Rurais da Embaixada da Espanha. Elas estão fazendo um trabalho ótimo, não só desenvolvendo renda para suas famílias, mas também protegendo o babaçu e buriti; temos que reconhecer o importante papel que estão fazendo”, afirma a ministra conselheira de Agricultura, Pesca e Alimentação da Embaixada da Espanha.

O grupo realiza visitas diplomáticas em Rondônia desde segunda-feira(4) e deve permanecer até sábado (9). A comitiva está sendo acompanhada pelo adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, Marcílio Leite, e pela gerente de Relações Internações da Sedec, Isabela Leite.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem