DESENVOLVIMENTO: Comissão espanhola conhece processamento do pescado em frigorífico no município de Itapuã do Oeste

Visita diplomática tem o intuito de ampliar relações comerciais

Porto Velho, RO - A comissão espanhola interessada em ampliar as relações comerciais, especialmente na piscicultura, realizou visita a um frigorífico de peixes instalado no município de Itapuã do Oeste recebeu, no sábado (9). A visita diplomática reforça o potencial do Estado sendo o terceiro maior produtor de pescados do Brasil, o maior do país em espécies nativas em cativeiro e líder nacional na produção de tambaqui.

“O Estado tem uma potencialidade muito grande de peixe pelo que nos falaram, então tomara que consiga a exportação para a União Europeia”, disse a ministra conselheira de Agricultura, Pesca e Alimentação da Embaixada da Espanha, Maria Elisa Barahona Nieto representante da União Europeia.

Também estiveram presentes durante a visita o cônsul honorário da Embaixada da Espanha, Fernando Bravo Sanchez; a gerente de Relações Internacionais da Sedec, Isabella Leite; e o adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, Marcílio Leite. “Rondônia trabalha com políticas públicas voltadas para dar qualidade ao agronegócio” assegura o secretário adjunto.

O tambaqui encantou a todos da comissão espanhola

A capacidade instalada do frigorífico é de 30 toneladas por dia e gera 160 empregos diretos. “Ficamos felizes com a visita da comissão espanhola, pois é uma sinalização de fomento às exportações, possibilitando novas parcerias e assim um desenvolvimento melhor de toda a cadeia produtiva do Estado e uma oportunidade de geração de novos empregos. Estamos de portas abertas para receber o mercado espanhol e todos os outros países interessados em fechar parceria com Estado de Rondônia”, disse o gerente de produção Glauber Cruvinel.

VISITAS DIPLOMÁTICAS

O grupo encerrou neste sábado às visitas diplomáticas a Rondônia, iniciadas na segunda-feira (4). A comissão espanhola já esteve presente no Palácio Rio Madeira (PRM), sede do Governo de Rondônia, visitou o Memorial Rondon, em Porto Velho, conheceu a piscicultura do Vale do Jamari.

E em Jaru conheceu as modernas lavouras de cacau e um frigorífico de carne bovina. Também conferiu o processo de transformação de matérias-primas rondonienses em cosméticos naturais, em Ouro Preto do Oeste; e ainda participou da exposição de produtos do agronegócio jaruense.

“O balanço que faço de todas essas visitas é que conheci muitas iniciativas interessantíssimas no Estado de Rondônia. Não só na aquicultura, que estava interessada a princípio, mas também de todo o potencial do agronegócio. Além disso, é um Estado muito acolhedor, sou agradecida a cada pessoa que conheci nas visitas”, avaliou a representante da União Europeia.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem