DIA DA MULHER: Investimentos governamentais aliados à força feminina muda cenário do Centro Educacional para Jovens e Adultos em Cacoal


Lucilene Gonçalves (blusa branca) assumiu a direção do Ceeja de Cacoal em 2019

Porto Velho, RO - Ao longo dos últimos três anos, diversos investimentos têm sido feitos pelo Governo de Rondônia no Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Ceeja) Aida Fibiger, em Cacoal, que ganhou uma nova estrutura, sendo elogiado por alunos e visitantes. Além da reorganização do espaço estrutural da unidade, como reformas e investimentos em equipamentos e mobiliários, foi feita a implementação e reorganização dos espaços pedagógicos. A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) equipou a unidade com novos aparelhos de ar condicionado, ventiladores, computadores, notebooks, bebedouros, materiais didáticos, laboratórios, datashows, geladeiras, freezer, entre outros que ajudaram na modernização da instituição.

Há três anos, o Ceeja de Cacoal vem sendo direcionado por Lucilene Gonçalves e, segundo ela, os investimentos feitos pelo Poder Executivo tem sido de crucial importância para a educação. “Investimentos que vem sendo muito bem utilizados”, ela garante.

Conquistas no Ceeja em Cacoal, Lucilene Gonçalves atribui à equipe

Lucilene Gonçalves, tem 38 anos e assumiu a direção do Centro Educacional no município em janeiro de 2019. Servidora de carreira da Seduc, a profissional já assumiu diversas missões ao longo dos 12 anos dedicados à Educação Estadual, iniciando sua jornada como supervisora da Escola Estadual Anísio Serrão de Carvalho, em Pimenta Bueno.

Entre 2013 e 2016 foi vice-diretora do Centro Técnico Estadual de Educação Rural Abaitará (Centec Abaitará) e na sequência, em 2017, passou a atuar no Setor de Recursos Humanos da Coordenadoria Regional de Educação (CRE) de Cacoal até assumir a direção do Ceeja Aida Fibiger.

“Eu saí lá do sítio, da zona rural, cursei Pedagogia com muita dificuldade, depois passei no concurso público e venho galgando o meu espaço no mercado de trabalho, com apoio de muitas pessoas. Eu agradeço ao Estado de Rondônia por todas as oportunidades que me traz”, comenta Lucilene.

Em mais de uma década de serviços prestados ao Governo do Estado, a profissional relata os desafios enfrentados, entre eles: entender e saber gerenciar pessoas na Administração Pública e também processos, além de desmistificar a ideia de que no Ceeja só entravam alunos com dificuldade de aprendizado, os mais agitados, ou aqueles com péssimo comportamento.

“Além de desmistificar esse pensamento de que no Ceeja só estavam alunos que não tinham potencial, a gente teve que mudar a estrutura como um todo. Mexemos com o quadro de pessoal, a gente sempre busca oferecer capacitações, promover o diálogo, e organizamos toda a parte financeira da unidade. Hoje, em 2022, eu digo que o Ceeja está totalmente preparado para receber alunos de diferentes localidades, idades e etapas estudantis que tem vontade de estudar aqui”, comemora.

Esse diferencial, a diretora atribui à equipe que trabalha de forma integrada e fortalecida desde o primeiro atendimento, na recepção, até à sala de aula, além das mudanças estruturais na instituição.

No dia em que as mulheres são homenageadas, Lucilene Gonçalves enfatiza o olhar feminino diferenciado para lidar com as várias situações que surgem. “Eu sempre falo como as mulheres tem ganhado espaço no mercado de trabalho! Como elas estão em todos os lugares e nós temos que ser referência mesmo, trazer o nosso autoconhecimento e ser feliz por nós”, finaliza.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem