REFERÊNCIA: Estudantes de São Miguel do Guaporé recebem kits escolares com mochilas e uniformes fabricados por reeducandos


Mais de três mil mochilas foram confeccionadas por reeducandos; kits com materiais escolares também foram entregues

Porto Velho, RO - Rondônia é referência em ressocialização, alcançou o segundo lugar no País onde mais presos trabalham, e na quarta-feira (16) mais um resultado deste trabalho foi comemorado com a entrega, em São Miguel do Guaporé, de kits escolares com 3.800 mochilas e oito mil camisetas fabricadas por reeducandos do projeto “Pintando a Liberdade”.

“São kits que vão beneficiar os alunos e ao mesmo tempo fortalece a nossa política de que os presos trabalhem em prol da sociedade. Além disso, eles têm a oportunidade de ter remissão de parte da pena. É uma oportunidade deles repensarem suas vidas, se profissionalizarem, para quando deixarem o Sistema Penitenciário possam sair totalmente ressocializados”, afirma o governador de Rondônia Marcos Rocha.
 

Irmãos Verônica, 8 anos, e Vitor, 9 anos receberam do Governo de Rondônia material confeccionado por reeducandos

O vice-governador José Jodan reforçou que os avanços que Rondônia tem conquistado em todas as áreas, inclusive na ressocialização é resultado de uma gestão íntegra, responsável e focada em levar desenvolvimento para toda a população rondoniense.

O gestor da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), Marcus Rito, destacou que a meta é fomentar cada vez mais os trabalhos nas unidades prisionais. “Hoje, estamos com 45% dos presos envolvidos em atividades laborais e um dos frutos dessa política de capacitação profissional é essa que com a parceria da Prefeitura de São Miguel estão sendo entregues os kits escolares, que vão permitir condições melhores para os estudantes. Assim, temos reeducandos devolvendo algo bom para a sociedade”.

Marcus Rito destacou ainda que por meio de iniciativas como essa também é oportunizado à sociedade a chance de enxergar o Sistema Penitenciário de uma forma diferente. “A atual gestão do Governo de Rondônia tem a visão de tornar o Sistema Penitenciário cada vez mais produtivo, ou seja, de dentro das unidades prisionais devem sair produtos que beneficiem a sociedade. E conseguimos fazer isso com educação, trabalho e ações de reinserção”.

PARCERIA

Os materiais escolares foram confeccionados na oficina de costura do Presídio de Médio Porte em Porto Velho, por 48 reeducandos que participam do projeto da Sejus “Pintando a Liberdade”. Os insumos necessários para a fabricação foram custeados pela Prefeitura de São Miguel do Guaporé, um investimento de R$ 130 mil.

“São muitas as ações do Governo de Rondônia em São Miguel do Guaporé, e isso tem transformado o nosso município. Ficamos felizes com o apoio. Esses kits escolares são importantes para os nossos estudantes”, afirma o prefeito Cornélio Duarte.

Alunos da escola receberam material feito a partir do projeto “Pintando a Liberdade”

A diretora da Escola Municipal Lázara Alves de Lima, Cleci Fosse de Morais, também reforçou a necessidade da entrega dos kits. “São materiais bons e que muitos estudantes necessitam. E se torna ainda mais especial por ser fruto do trabalho de ressocialização”.

Os irmãos Verônica, 8 anos, e Vitor, 9 anos, saíram contentes do evento com a novas mochilas e uniformes. “É muito importante a entrega desses kits, pois há pais que não têm condição de comprar, então vai ajudar muito. Somos gratos ao Governo e a Prefeitura por terem feito isso pela população”, agradeceu a mãe dos estudantes, Catarina Maria Mulava.

PINTANDO A LIBERDADE

O programa “Pintando a Liberdade” iniciou em Rondônia no ano de 1999 com o objetivo de manter a população carcerária ocupada. Inicialmente, foi instalada na fábrica de bolas na Penitenciária Ênio Pinheiro dos Santos e depois começou o ateliê de costura.

O material produzido é distribuído a escolas da Rede Pública Estadual e Municipal, associações e entidades filantrópicas.

Os reeducandos que participam do programa têm remição da pena prevista na Lei de Execução Penal. A cada três dias trabalhados reduz um dia da pena, e também são remunerados pela sua produção.

COLEÇÕES LITERÁRIAS

Na solenidade também foram entregues às escolas municipais mais de 3.8 mil livros de coleções literárias. Eles serão destinados a alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

São 1.308 livros da Coleção Mais Saber; 654 livros da Coleção Trânsito Legal; 554 livros da Esquadrão da Saúde e 1.308 livros da Coleção Bullying.
 

Coleções literárias são destinadas aos estudantes de escolas municipais

O investimento do Estado é de R$ 257.439,58 (duzentos e cinquenta e sete mil, quatrocentos e trinta e nove reais, cinquenta e oito centavos).

O secretário de Educação de São Miguel, Mauri Vidal, reforçou a importância da destinação dos livros aos estudantes. “É muito importante receber esses materiais de excelente qualidade, pois nós temos crianças muito carentes, e isso nos ajudar a dar condições melhores para elas estudarem”.

DESENVOLVIMENTO

Também estiveram presentes na solenidade prefeitos do eixo da BR-429, Alcino Bilac Machado, o Tinoco de São Francisco do Guaporé; Vagner Miranda, o Mirandão, de Costa Marques; Armando Bernardo da Silva, de Seringueiras, além do vice-prefeito de São Miguel do Guaporé, Ronaldo da Mota e vereadores.

O deputado estadual, Ismael Crispim, vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (ALE-RO) também esteve presente. Ele destacou o quanto que o Poder Executivo está se desenvolvendo a partir de uma gestão focada em fortalecer todos os municípios rondonienses e ressaltou ainda que São Miguel do Guaporé passa por grandes investimentos do Estado.

O deputado estadual Lebrão também compareceu à cerimônia, onde foi feita a entrega de um veículo para a Coordenadoria Regional de Educação de São Francisco do Guaporé, emenda do parlamentar. Ele destacou a importância de fortalecer ações que melhoram a qualidade de vida da população.

O governador Marcos Rocha agradeceu a atuação de todos os deputados que estão unidos para aprovar projetos que beneficiam os rondonienses. Comentou ainda que Rondônia passa por um novo ciclo de desenvolvimento por meio da aplicação responsável do recurso público, onde os investimentos são feitos no que a população realmente precisa. Desta forma, São Miguel e todos os municípios rondonienses estão passando por transformação para ficarem cada vez mais fortes em todos os eixos de desenvolvimento.

Ainda em cumprimento de agenda no município, o governador participou da entrega da obra de duplicação e inclusão de ciclovia da RO-481; fez a entrega de mudas de café clonal, e visitou a Escola Estadual Princesa Isabel, onde houve investimento em revitalização da estrutura e entrega de equipamentos.

REVITALIZAÇÃO

Para São Miguel do Guaporé, o Governo do Estado já anunciou investimento de R$ 8 milhões para o asfaltamento de vias municipais por meio do Projeto “Tchau Poeira”. São 7,5 quilômetros de pavimentação e 7,1 quilômetros de recapeamento asfáltico.

E para deixar o município mais bonito, com atrativos turísticos revitalizados, o Executivo Estadual destinou mais de R$ 5.6 milhões para que por meio do projeto “Governo na Cidade” ocorra a construção de quadra com gramado sintético e arquibancada na Praça Municipal dos Três Poderes; Revitalização da Praça da Bíblia; Revitalização do Estádio Chupinzão, com implantação de arquibancada e pista de caminhada e instalação de iluminação pública na BR-429.



São Miguel do Guaporé foi contemplada com projetos de revitalização do Governo de Rondônia

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem