POTENCIALIDADES: Em visita institucional, presidente do Peru conhece projetos agropecuários de Rondônia


Presidente do Peru Pedro Castillo (chapéu) conheceu de perto alguns plantios produzidos pela Embrapa Rondônia

Porto Velho, RO - Após se reunir com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (3), no Palácio Rio Madeira (PRM), em Porto Velho, o presidente do Peru, José Pedro Castillo Terrones, acompanhado do governador de Rondônia, Marcos Rocha, visitou a sede da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), para conhecer projetos agropecuários.

Ao ser recebido pelo chefe-geral da Embrapa em Rondônia, Alaerto Luiz Marcolan, o presidente do país andino conheceu algumas tecnologias de produção agropecuária, tais como: a Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF), que envolve a produção de grãos e pastagens; Melhoramento Genético da Castanha da Amazônia e suas vantagens para o fortalecimento da bioeconomia; Sistema de Produção Cafeeira do gênero Coffea Canephora e apresentação sobre as diversas espécies de Forrageiras da Amazônia Rondoniense.

Sobre a produção cafeeira, em 2021, Rondônia recebeu a concessão da Indicação Geográfica, na espécie Denominação de Origem para o café das Matas de Rondônia, que foi publicada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), na Revista da Propriedade Industrial (RPI). É o primeiro estado do Brasil e a primeira unidade do mundo a ter uma identificação para espécie de café Coffea Canephora.

Outros tipos de plantações para o desenvolvimento do cultivo foram apresentadas por pesquisadores e técnicos da Embrapa ao chefe de estado peruano, que se mostrou encantado com as potencialidades que podem ser levadas ao país andino.

Rondônia já exportou ao Peru produtos como carnes e miudezas, madeira, carvão vegetal e borracha

O governador Marcos Rocha destacou que o estado de Rondônia possui negócios com o Peru, que envolvem troca de mercadorias e vendas que são importantes para os dois países. “Trabalhando em união, a gente vai vencendo as dificuldades. Vamos trabalhar firmes para promover o desenvolvimento do nosso Estado, do nosso País e agora, com esse trabalho em conjunto do Governo Federal com o governo peruano haverá mais desenvolvimento entre as duas nações”.

Pedro Castillo, que também é agricultor, declarou estar contente com a visita a Rondônia para tratar de importantes assuntos com o presidente Jair Bolsonaro, além de ter a oportunidade de estreitar mais ainda a relação com o Brasil.

“São novas experiências com a finalidade de estreitar ainda mais as relações entre os dois países, pois não há limites e nem fronteiras para fazer parceria. É mais um compromisso com o Brasil que fazemos, conhecendo as possíveis potencialidades para fortalecer a tecnologia, mão-de-obra e demais serviços em nosso país”, disse o presidente do Peru.

Para o chefe-geral da Embrapa Rondônia, Alaerto Luiz Marcolan, a visita do presidente Pedro Castillo e do governador Marcos Rocha, foi satisfatória e agradeceu o apoio que o Poder Executivo tem dado no tocante a projetos de pesquisa.

“Estamos investindo em pesquisas, projetos de pesquisa do leite e transferência de tecnologias de café que o Poder Executivo investiu. É o futuro do nosso país para o desenvolvimento de Rondônia, que vai gerar renda, empregos e melhorias no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), retornar a produtividade investida em renda”, declarou Alaerto Luiz.

TROCA DE EXPERIÊNCIAS

O vice-governador de Rondônia, José Jodan, sugeriu um intercâmbio de experiências agrícolas entre Brasil e Peru, com servidores fazendo visitas técnicas entre os dois países para pesquisar plantações de frutas, com o apoio da Embrapa.

“É uma empresa qualificada para desenvolver pesquisas e direcionar aos produtores mudas que são altamente produtivas, além do enfrentamento às pragas. Com o apoio do Governo de Rondônia a agropecuária, vão ser feitos estudos em mais mudas, para que possamos ter mais recursos para investir em produção”, finaliza José Jodan.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem