PERÍCIA: Ipem Rondônia divulga balanço de perícias em produtos comercializados nos supermercados de Porto Velho


Fio eletroplástico foi reprovado em dois critérios na avaliação do Laboratório de Pré-Medidos do Ipem Rondônia

Porto Velho, RO - O Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia (Ipem), do Governo de Rondônia, realizou no período de 1º a 15 de fevereiro a perícia em produtos comercializados em prateleiras de supermercados do Estado. Trinta e seis produtos foram analisados e 16 foram reprovados na avaliação do Laboratório de Pré-medidos do órgão, os quais não seguiam as normas do Instituto Nacional de Metrologia e Tecnologia (Inmetro).

A ação tem a finalidade de conferir se os produtos ofertados nas prateleiras dos supermercados estão seguindo as especificações contidas nas embalagens.

Dentre os itens reprovados nos critérios individual e na média estão: o atum em pedaços, atum ralado em óleo comestível, energético, fio eletroplástico AC-500m azul e molho de pimenta.

Foram considerados inabilitados por não atingirem o critério individual, a ameixa seca com caroço, brócolis, confete, fio eletroplástico AC-500m laranja, folhas para depilação, muídos salgados de suíno, polvilho azedo, queijo tipo reino e uva sem semente. Já o leite em pó desnatado foi reprovado na média. “As empresas têm que garantir a entrega de um produto de qualidade e constando em sua embalagem o que realmente está especificado no rótulo de cada produto”, destacou a metrologista do Ipem, Elli Maus.

Outras três mercadorias foram vetadas, dentre elas: copo descartável de 50ml, biscoito amanteigado, além das folhas para depilação, por não atenderem as normas na forma de expressar a quantidade do conteúdo líquido dos produtos.

“As ações estão sendo desempenhadas para defender o consumidor de acordo com o Planejamento Estratégico do Governo de Rondônia em conjunto com o Inmetro, onde temos intensificado o trabalho para que o consumidor possa realmente adquirir o que está especificado na embalagem”, pontuou o presidente do Ipem, Aziz Rahal Neto.

O consumidor que encontrar, ou suspeitar de alguma irregularidade, pode informar à Ouvidoria do Ipem, pelo e-mail ouvidor@ipem.ro.gov.br ou pelo telefone 0800 647 7277.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem