SERVIÇO: Município anuncia investimentos em estrutura para proteção social em Porto Velho

Serviços atenderão famílias e população em situação de vulnerabilidade social

Porto Velho, RO - 
Buscando fortalecer as ações estratégicas de assistência social em 2022, sobretudo às famílias que precisam de suporte emergencial, a prefeitura de Porto Velho anuncia investimentos em estrutura para proteção social.

Os atendimentos são coordenados pela Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf). Devido a urgente necessidade, o município está com um edital de locação de um imóvel para atender o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP). A inauguração está prevista para o próximo mês.

“Muito em breve teremos a construção de uma unidade própria, que será na região do bairro São Cristóvão”, informou o secretário da Semasf, Claudi Rocha.

A ação é importante, uma vez que Porto Velho se converteu em rota de passagem a imigrantes oriundos principalmente da Venezuela. Para atuar neste atendimento, foi aberto um edital de chamamento público para celebração de um termo de colaboração para o Serviço de Proteção Social Especial de Alta Complexidade.


Tenda da Família Cidadã oferta serviços a pessoas vulneráveis

“Faremos o acolhimento institucional para migrantes estrangeiros e indígenas. O município foi atrás deste recurso federal na ordem de R$ 1,8 milhões e tivemos êxito. Agora, temos duas instituições reconhecidas para atuar durante todo o ano”, falou o secretário.

A Cáritas Arquidiocesana de Porto Velho vai atuar junto ao povo indígena Warao com acolhimento e orientações, enquanto a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADA Rondônia) vai auxiliar com o acolhimento de imigrantes venezuelanos.

PROJETOS COM CONTINUIDADE

Durante este ano, projetos serão continuados. Entre eles, está o Tenda da Família Cidadã que será dedicado aos distritos. A primeira edição deverá ocorrer na Vila da Penha, uma comunidade do distrito de Abunã. Depois será a vez da comunidade Kaxarari em nove aldeias. A ação conta com a colaboração de diversos parceiros institucionais.

“Vamos fortalecer nos bairros os cursos juntos aos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e seus atendimentos a partir da Semasf, além de benefícios eventuais aos cidadãos abaixo da linha de pobreza”, informou Rocha.


Feira da Mulher Empreendedora oportuniza geração de renda

ORDEM DE SERVIÇO

Para 2022 há a previsão da construção de três novas unidades do Cras, sendo uma no residencial Orgulho do Madeira, na região dos bairros Ayrton Senna e Mariana, e uma nova unidade na região do residencial Morar Melhor. Os recursos contam com o cofinanciamento do Governo de Rondônia. A contrapartida do município é superior aos R$ 600 mil.

Atualmente, a prefeitura conta com algumas obras para serem concluídas neste ano. Entre elas, a reforma de equipamentos que atuam com serviços de violação de direitos contra crianças, adolescentes, adultos e família como, por exemplo, o Cras Dona Cotinha, Lar do Bebê, cobertura e ampliação do Centro de Convivência do Idoso (CCI), Centro Integrado da Criança e do Adolescente (Cica).

FEIRA DA MULHER EMPREENDEDORA

Seguem no planejamento anual da Semasf a realização de novas edições da Feira da Mulher Empreendedora, coordenada pelo Departamento de Políticas Públicas para Mulheres (DPPM). “Esses eventos oportunizaram, durante o ano de 2021, a reinvenção de muitas mulheres e começaram a ser conhecidas e, agora, vendem seus produtos (artesanatos, roupas, produtos alimentícios) e geram renda”, reforçou Rocha.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem