FORÇA TAREFA: Ação do Dnit para elevação da BR-364 próximo a Ariquemes é reforçada com apoio do Governo de Rondônia

Equipes e máquinas do DER estão atuando no apoio ao Dnit visando os serviços na BR-364

Porto Velho, RO - Uma força tarefa com objetivo de garantir a elevação da BR-364 com pedras acontece no trecho entre Ariquemes e Itapuã do Oeste, alagado devido à cheia do rio Jamari que transbordou e ocasionou o bloqueio da rodovia. Ação foi iniciada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e também tem o total apoio do Governo de Rondônia, com homens e máquinas do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transporte (DER) visando agilizar os serviços e, consequentemente, possibilitar o tráfego neste trecho da BR-364.

De acordo com o diretor-geral do DER, Elias Rezende, são mais de 20 caminhões caçambas transportando pedras para o serviço de elevação. Após concluído, será feita a análise segura para que a principal Rodovia Federal do Estado de Rondônia possa ser liberada novamente. “A PRF já antecipou que a BR-364 deve seguir interditada por mais dois dias. Dessa forma, o serviço de elevação da rodovia com pedras ganhou o reforço de homens e máquinas do DER, são mais de três mil metros cúbicos de rocha para elevar o greide da pista de rolagem da BR-364 e o trânsito ser liberado”, comentou Rezende.

INTERDIÇÃO

Trecho da BR-364, próximo a Ariquemes foi interditado devido à cheia do rio Jamari

A interdição total da BR-364 ocorre desde quinta-feira, 24, devido à impossibilidade de tráfego de veículos por conta da cheia do rio Jamari, que transbordou e alagou a pista na altura do KM 540. Segundo já anunciado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) há cerca de 500 metros de alagamento de pista e o nível de profundidade da água chega a 1,60 m.

A força tarefa para tentar liberar a passagem de veículos foi iniciada pelo Dnit trabalhando no local em um objetivo de garantir a elevação de pista. Estão sendo colocadas toneladas de pedras no trecho da BR, sendo também transportadas por máquinas do DER.

Atendendo às orientações do Governo do Estado, o Corpo de Bombeiros também tem prestado total apoio à Polícia Rodoviária Federal no trecho da BR que continua alagado. A PRF estima que mais de 20 quilômetros de congestionamento, principalmente de carretas, se formou na região.

RODOVIA 140

A rodovia 140, estrada primária que dá acesso ao município de Rio Crespo, está recebendo manutenção paliativa da equipe do DER para que o trânsito não seja interrompido. “Essa é uma rodovia de chão e não foi projetada para suportar o trafego pesado da BR-364. Trabalhamos para assegurar o direito de ir e vir dos moradores da localidade e de veículos leves”, enfatizou o residente da regional do DER de Ariquemes, Rogério Nicacio, destacando que a força tarefa tem o engajamento de servidores e máquinas de todas as Residências do DER do Estado, com o transporte de pedras rachão, equipamentos.

O governador do Estado, Marcos Rocha, tem acompanhado todas as ações realizadas que possam garantir apoio às famílias atingidas pelas cheias dos rios e, principalmente, quanto ao problema que já dura 4 dias na BR-364. O chefe do Executivo Estadual deixa claro que todos os esforços serão mantidos para que a rodovia possa ser liberada. “Temos acompanhado diariamente toda essa situação causada pelas cheias dos rios do Estado. Assim que a BR precisou ser bloqueadas devido ao perigo, mantive contato com o DER para que todas as medidas fossem colocadas em prática em apoio ao Dnit. Homens e máquinas estão a todo o momento trabalhando para elevar a BR-364 utilizando pedras e, consequentemente, assim que o serviço for concluído a PRF poderá liberar o tráfego. Agradeço a todos que estão engajados nessa missão”, disse o governador.

AÇÕES IMEDIATAS

O Governo de Rondônia realiza ações imediatas para garantir apoio às famílias atingidas pelas cheias dos rios em todas as regiões do Estado. A mobilização do Executivo Estadual envolve Corpo de Bombeiros Militar (CBMRO), Polícia Militar (PM), Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), Polícia Civil (PC), Defesa Civil, Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transporte (DER), Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa).

Desde o início dos problemas ocasionados pelas enchentes, entre outras medidas, o Governo já distribuiu cestas básicas e kits contendo água mineral, material de higiene pessoal e de limpeza doméstica. A ação rápida do Governo de Rondônia garante maior assistência e atendimento para os desabrigados.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem