SEGURANÇA ALIMENTAR: Seas inicia expansão do Programa Prato Fácil a cinco municípios do Estado

Por R$ 2, trabalhadores e aposentados alimenta-se com qualidade; programa irá agora a mais cinco municípios

Porto Velho, RO - Ariquemes (Vale do Jamari), Cacoal (Região do Café) e Guajará-Mirim (fronteira Brasil-Bolívia) aderiram ao Programa Prato Fácil, cujo atendimento contempla a população em situação de vulnerabilidade.

A refeição de qualidade custa apenas R$ 2. A expansão do programa prevê inicialmente o investimento de R$ 6,12 milhões na economia de cinco municípios. Esse dinheiro cobre o fornecimento de 1.500 refeições por dia.

O Governo de Rondônia, via Secretaria de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social (Seas), iniciou a fase de expansão investindo recursos oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep).

A Seas prevê que a economia desses municípios ganhará bom fomento, considerando-se a dotação orçamentária destinada a cada um: R$ 1,168 milhão para Ariquemes, R$ 1,28 milhão para Cacoal; e R$ 1,28 milhão para Guajará-Mirim.

Oportunidade para o comércio interiorano, avalia-se.

“São trezentas refeições por dia, divididas entre os restaurantes credenciados, com atendimento no período das 11h às 15h, o que possibilitará o total de 34.500 refeições ao mês”, explica a secretária-adjunta Liana Lima.

Segundo ela, essa expansão se deve ao movimento exitoso dos restaurantes que já integram o programa e à necessidade de a população conhecer os benefícios sociais por ele trazidos.

A Seas espera contar brevemente com as adesões de restaurantes de Ji-Paraná e Vilhena, onde o estado investiria, respectivamente, R$ 1,19 milhão e R$ 1,18 milhão.

BOM PARA AS EMPRESAS

Em Ji-Paraná, a remuneração pela refeição na modalidade “consumo no local” será de R$ 14,57, com o subsídio governamental de R$ 12,57, e a contraprestação de R$ 2 do beneficiário.

Em Vilhena, de R$ 15,76, com subsídio governamental de R$ 13,76.

Valores para essas refeições em restaurantes de Ariquemes R$ 16,11, Cacoal, R$ 14,93, e Guajará-Mirim, R$ 17,56.

Pelo fornecimento de refeições, essas empresas credenciadas pelo programa recebem até em 30 dias após a emissão da nota fiscal.

A Seas esclarece que o ingresso do empresário no programa não lhe obriga a abrir nova unidade. Ou seja, o seu restaurante pode atender normalmente ao público tradicional e ao público do Prato Fácil, abastecido com refeições saudáveis.


Secretária-adjunta da Seas, Liana Lima (e), explica: inscritos no CadÚnico têm direito a outros programas

BOM PARA O TRABALHADOR

O público-alvo do programa são os inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal, em regra, famílias com renda mensal de até três salários mínimos. No estado, o CadÚnico possui 684.756 pessoas cadastradas, conforme levantamento concluído em setembro de 2021. O que corresponde a 145.402 pessoas a mais do que os atuais moradores de Porto Velho: 539.354.

Geograficamente, desde o início do programa, a Seas visou contemplar grande parte dos trabalhadores que moram no entorno da área onde estão os restaurantes.

“A comunidade é beneficiada de forma direta, com o acesso aos serviços da rede, e indireta, uma vez que as benesses oriundas do projeto não se restringem a seus usuários diretos”, assinala o documento a extensão do Prato Fácil. Baseia-se na oferta de empregos e rende na cadeia produtiva às quais estão inseridos.

ESCOLHA

A secretária-adjunta Liana Lima lembrou que a escolha dos municípios contemplados estabeleceu como parâmetro aqueles com mais de 20 mil pessoas cadastradas no CadÚnico.

“A concentração populacional nesses municípios também pode ser considerada elevada, tendo em vista a densidade populacional do Estado de Rondônia”, ela disse.
 

Cozinha do Restaurante Norte Sul, no Bairro Lagoa

ONDE FICAM OS RESTAURANTES CADASTRADOS?

Pessoas inscritas no CadÚnico podem almoçar nos seguintes restaurantes em Porto Velho:

∎ Restaurante Vista do Madeira, na Travessa Belisário Pena nº 191, Bairro Triângulo

∎ Portal das Américas Eventos, na BR-364, Km 5, Zona Leste.

∎ Restaurante Norte Sul, entre as zonas norte e sul, na Rua da Beira, esquina com Avenida Chiquilito Erse nº 6191, sala 5, Lagoa.

∎ Semprebom Restaurante e Café, na zona central, Avenida Campos Sales nº 2.645, Centro.

∎ Restaurante e Churrascaria do Gaúcho, na zona leste, Avenida José Vieira Caula nº 6116, Cuniã.

SAIBA MAIS:
https://pratofacil.sistemas.ro.gov.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem