SAÚDE DO HOMEM: Unidades de Saúde de Porto Velho intensificam serviços durante Novembro Azul


Campanha busca ampliar o acesso aos serviços de saúde

Porto Velho, RO - Todas as unidades de saúde de Porto Velho, nas zonas urbana e rural, intensificaram os serviços com foco na promoção e prevenção da saúde do homem, em alusão à campanha Novembro Azul, cujo lema é: “Cuidar da Saúde Também é Coisa de Homem”.

Além do atendimento com consultas e exames, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio do Departamento de Atenção Básica (DAB) e da Coordenação Municipal de Saúde do Homem, tem como meta quebrar as barreiras e incentivar o público masculino a cuidar melhor da saúde.

“O objetivo é também inserir o debate acerca da saúde da população masculina na perspectiva da saúde integral do homem, ampliando o foco para além do câncer de próstata, uma vez que os homens se recusam a admitir a dor, agem com fortes sentimentos de autoproteção e dificultam a autopercepção para o tratamento de eventuais doenças”, afirma a coordenadora municipal de saúde do homem, Cleide Silva Davy.

De acordo com a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, é preciso facilitar e ampliar o acesso da população masculina aos serviços de saúde. A iniciativa é uma resposta à observação de que os agravos do sexo masculino são um problema de saúde pública.

DIAGNÓSTICO PRECOCE

A exemplo das mulheres, Cleide afirma que a única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem esses fatores, devem consultar o urologista e conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, além de falar sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico).

Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata, conforme a coordenadora, são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames poderão ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal.

FORMA DE TRATAMENTO

A indicação da melhor forma de tratamento vai depender de vários aspectos, como o estado de saúde atual do paciente, estadiamento da doença e expectativa de vida. “Em casos de tumores de baixa agressividade há a opção da vigilância ativa, na qual, periodicamente, se faz um monitoramento da evolução da doença, intervindo se houver progressão. A prevenção é qualidade de vida. Homem, escolha a saúde”, alerta Cleide Silva.

SERVIÇOS OFERTADOS

Consulta com clínico Geral
Aferição de Pressão de pressão arterial
Exame de glicemia
Todos os exames de rotina como PSA
Imunização, vacina de rotina e covid-19, além de atualização do cartão de vacina
Pré-natal do Parceiro
Consulta Odontológica
Teste rápido de HIV, Sífilis e hepatites virais
Tratamento do Tabagismo.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem