CONSCIENTIZAÇÃO: No Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito, Detran Rondônia promove blitz educativa



Blitz educativa aconteceu na Avenida Pinheiro Machado, e contou com a participação de parceiros

Porto Velho, RO - Em alusão ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Rondônia promoveu nesta sexta-feira (19) em Porto Velho uma blitz educativa para orientar condutores de veículos quanto à importância de cumprir o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A data foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1995, e ocorre no terceiro domingo de novembro. É também um dia para fazer um apelo à sociedade para que colabore para um trânsito mais seguro.

Na Capital, a ação desenvolvida pelo Governo de Rondônia ocorreu na Avenida Pinheiro Machado, Bairro São Cristóvão, e contou com a participação de parceiros da iniciativa pública e privada, onde foram abordados diversos motoristas e motociclistas.

Eles receberam folders e adesivos com informações sobre segurança no trânsito, e alguns motociclistas, por se encontrarem com itens de segurança vencidos ou danificados, ganharam capacetes novos.


Motociclistas com capacetes danificados ganharam novo equipamento de segurança

O diretor-geral do Detran, Paulo Higo Ferreira de Almeida, presente na ação, destacou que a blitz de caráter educativo é muito importante para a conscientização da sociedade quanto ao perigo de não obedecer às leis de trânsito. “Uma sociedade consciente resulta em um trânsito seguro”.

A gestora da Diretoria Técnica de Trânsito (Dtet), Claudia Roberta Rosa Soares Stochi e responsável pela ação destaca que com a chegada das festas de fim de ano, as pessoas relaxam na questão de segurança, o que ocasiona os acidentes de trânsito. “Queremos as famílias reunidas celebrando com segurança à vida”.

Em 2020, a pandemia limitou o número de circulação de veículos, e ainda assim, 30 mil mortes foram registradas no trânsito brasileiro, segundo os dados divulgados pelo Ministério da Saúde.

“A maioria dos acidentes registrados tem como principal causa ou causa secundária problemas relacionados com o estado de saúde dos condutores de veículos no momento do sinistro, portanto é uma obrigação do Detran primar pela segurança no trânsito”, disse Paulo Higo.

Foram organizadores da blitz educativa, a Diretoria Técnica de Educação de Trânsito (Dtet) com apoio da Diretoria Técnica de Fiscalização e Ações de Trânsito (Dtfat) do Detran, que contaram com a parceria do Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran), Base Aérea de Porto Velho, Corpo de Bombeiros Militares (CBM), Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte (Semtran), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Técnico Científica (Politec) e Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem