INCLUSÃO: Profissionais das unidades de urgência de Porto Velho recebem qualificação para atendimento em Libras



Um grupo de 15 servidores, que atuam na linha de frente da área da saúde, concluiu na quinta-feira (2) a primeira etapa da formação em Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). A meta da Prefeitura de Porto Velho é qualificar 100% dos profissionais da linha de frente das unidades de urgência até dezembro deste ano.

A formação, que terá continuação nos próximos meses, foi ministrada pela assistente social Zeni Silva, que é pós-graduada em Libras. É uma atividade sob responsabilidade do Núcleo Gestor de Educação Permanente da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Para o prefeito Hildon Chaves, a qualificação de pessoal é importante para garantir que os cidadãos sejam bem atendidos nas unidades de urgência. “O município está atento a estas demandas. O atendimento de urgência está sendo enriquecido com este curso, que é também uma forma de promover a inclusão desta população”, afirmou.

LINGUAGEM

Neste grupo estão sendo capacitados médicos, enfermeiros, atendentes e microscopistas. Estes últimos já têm conhecimentos sobre a linguagem.



Formação terá continuação nos próximos meses

Segundo Zeni, esta etapa da formação é composta de noções básicas e privilegia o alfabeto na linguagem de sinais. Ela orientou os profissionais sobre a importância de dedicar atenção especial aos movimentos que os surdos fazem na comunicação em Libras para que os sinais não sejam confundidos.

Em outra parte do curso, explicou que a expressão facial deve combinar com a linguagem expressada com as mãos, pois em alguns casos, há sinais parecidos e o rosto contribui para dar clareza à comunicação.

“Os surdos entendem o ouvinte”, explicou Zeni. O surdo oralizado, que lê o que o ouvinte diz com os lábios, comunicam ainda com mais facilidade.

A secretária Eliana Pasini, da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), explica que o município está empenhado em conhecer as demandas dos surdos e promover um atendimento digno. “Nosso serviço de urgência está sendo preparado para atender as necessidades deste público. E a qualificação dos nossos profissionais é a melhor forma de consolidar este compromisso”, resumiu.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem