HISTÓRIA: Projeto museográfico da EFMM é apresentado à Prefeitura de Porto Velho



A primeira versão do projeto de ocupação museográfica do Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM) foi apresentada nesta quarta-feira (1) ao prefeito Hildon Chaves.

“No dia de hoje foi dado um start importante para o resgate da história porto-velhense. O projeto está lindo e abarca momentos importantes da Madeira Mamoré e dos nossos pioneiros”, destacou o prefeito.

Na prática, o projeto museográfico prevê a ocupação dos galpões 1 e 2 do Complexo da EFMM através de espaços interativos, acessíveis e dinâmicos. O programa visual contempla a sinalização interna e externa do futuro museu com definições de estrutura, formato, materiais, cores e especificações gráficas.

“O projeto tem como objetivo promover o acesso universal e a inclusão de pessoas deficientes, além de proporcionar um espaço interativo e imersivo à comunidade e visitantes”, afirma Daniela Camargo, museóloga e uma das autoras do projeto.

Um dos espaços será dedicado à exposição de longa duração que busca retratar a história da EFMM e de Porto Velho, através de uma estação histórica, um memorial em homenagem aos trabalhadores da ferrovia e um terceiro espaço dedicado à cultura e ao patrimônio da capital.

A construção do espaço museológico faz parte do pacote de compensação financeira pela Santo Antônio Energia (SAE), responsável pela operação da usina hidrelétrica instalada no rio Madeira.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem