COMBATE AO TABAGISMO: Profissionais de saúde da Zona da Mata recebem capacitação para abordagem e tratamento do tabagismo



O Governo de Rondônia, por meio da 5ª Gerência Regional da Secretaria de Saúde (Sesau), realizou nesta semana, no plenário da Câmara Municipal de Rolim de Moura, uma capacitação sobre controle do tabagismo, com os profissionais de área lotadas na Zona da Mata. Participaram servidores dos municípios de Alta Floresta d’Oeste, Alto Alegre dos Parecis, Castanheiras, Nova Brasilândia d’Oeste, Novo Horizonte do Oeste, Parecis, Rolim de Moura, Santa Luzia d’Oeste, São Miguel do Guaporé e Seringueiras.

A gerente Regional de Saúde, Nerdilei Aparecida Pereira, destacou que a qualificação contemplou os profissionais multidisciplinares, médicos, enfermeiros, psicólogo, profissionais da atenção básica e outros. “O governador Marcos Rocha e o secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, têm se preocupado com os indicadores de saúde do Estado e estão trabalhando focados com estratégias de saúde para diminuir custo nos tratamentos. Os malefícios causados pelo tabagismo têm prejudicado diversas famílias. São aproximadamente 50 enfermidades relacionadas a dependência de nicotina”, comentou Nerdilei.

O controle do tabagismo é feito por meio da adesão da Atenção Básica ao programa do Ministério da Saúde. “Devido ao grau de descentralização, é nas Unidades Básicas de Saúde e Estratégias de Saúde da família que o tratamento das pessoas tabagistas deverá acontecer com prioridade. Para isso, é necessário que o município tenha unidades cadastradas no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) para ofertar o serviço. A capacitação tem objetivo de treinar nossos profissionais para combater o tabagismo, desde a abordagem até o tratamento, gerando resultados esperados e positivos para os pacientes”, explicou Nerdilei.

O tratamento para os pacientes inclui avaliação clínica, abordagem intensiva, individual ou em grupo e, caso necessário, terapia medicamentosa juntamente com a abordagem intensiva.

A secretária municipal de saúde de Rolim de Moura, Simone Paes, esteve presente na abertura do evento e agradeceu a parceria da regional de Saúde. “É muito gratificante ver uma ação focada em combater um mal pela raiz. A dependência da nicotina, é sim uma doença que precisa ser combatida para salvar vidas. Estamos na pandemia, no combate a um vírus (coronavírus) que geralmente ataca os pulmões dos pacientes. E os fumantes possuem um índice maior de terem o quadro agravado ao contraírem a covid-19. O cigarro não faz mal apenas para quem fuma, mas também para o fumante passivo que acaba inalando a fumaça ao ficar próximo, podendo desenvolver doenças, inclusive câncer de pulmão”, alertou Simone.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem