PESQUISA: Município faz levantamento socioeconômico da região de Ponta do Abunã


Dados são importantes para a definição de políticas públicas à região

Um levantamento para delinear o perfil socioeconômico e os tipos de capacitações demandadas pelos moradores dos distritos da Ponta do Abunã foi realizado pela Prefeitura de Porto Velho. As informações são importantes para a definição de políticas públicas voltadas à região.

A pesquisa foi feita através de questionários aplicados pelo Departamento de Desenvolvimento Sócio Econômico (DDS) da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur) entre os dias 12 e 18 de julho.

Foram ouvidos os administradores distritais, feirantes, indígenas, agricultores familiares, associações e a Emater.

Na área de qualificação de pessoal, os cursos mais solicitados foram os de beleza, confeitaria, informática básica, aproveitamento de produtos e alimentos e máquinas pesadas. “Vamos tabular as informações e montar a estratégia e logística para atender cada demanda”, anunciou Glayce Bezerra, secretária da Semdestur.

Abunã é o distrito mais próximo da sede da capital. Tem como ponto forte da economia o extrativismo da castanha e a pesca. Fortaleza do Abunã tem vocação turística. De julho a setembro formam-se praias, que recebem milhares de turistas.

O distrito de Vista Alegre do Abunã tem como atividade econômica predominante a exploração de madeira, que é o setor que mais emprega, mas também apresenta uma forte produção agrícola advinda da agricultura familiar.

Os distritos de Extrema e Nova Califórnia são importantes polos agrícolas do município.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem