Deputados aprovam R$ 6 bilhões para fundo eleitoral em 2022

 “Advogado diz que sociedade deve repudiar Deputados, vão gastar três vezes mais que em 2020”


Nesta quinta-feira (15), a Câmara dos Deputados Federais aprovou projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022 e no seu bojo (texto), ampliaram os recursos para o fundo eleitoral para uso na eleições do ano que vem no patamar de R$ 6 bilhões, o triplo usado nas eleições de 2020, que ficou em torno de R$ 2 bilhões de reais. 

Para o Advogado Caetano Neto, “os Deputados Federais atuaram ao modelo de "moco", ou seja, "desentendidos" aprovando a LDO ao estilo "votar sem olhar seu conteúdo" e vão surrupiar dos recursos públicos R$ 6 bilhões de reais dos cofres públicos para torrar na campanha eleitoral de 2022. Caetano pede que cada cidadão em Rondônia registre seu repúdio na rede social direcionando para os nossos representantes em Brasília, avisando que eles não nos representam".

Segundo Caetano Neto, o que era um farra com o dinheiro do povo em campanha eleitoral, agora, virou escárnio financeiro. “O pagador de impostos (povo) mais uma vez é tratado como mero detalhe eleitoral e a medida revela  total desrespeito ao cidadão brasileiro que paga imposto abusivo no consumo de energia, imposto sobre a gasolina, imposto no que consome nas prateleiras de supermercados e de contrapartida, vai mais uma vez, ver recursos públicos, custear santinhos, abastecimento de carros dos candidatos, contratação de cabos eleitorais, produção para a campanha e muitas, muitas  notas fiscais fria  justificando despesas eleitoral", questiona o advogado Caetano Neto, presidente da Associação de Defesa dos Direitos da Cidadania em Rondônia.

 

Da redação

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem